Quando este filme estrelado por Keanu Reeves entrou no catálogo do Netflix, resolvi que era hoje de dar uma chance a ele, mesmo sabendo que foi um fracasso de bilheteria e crítica. Afinal de contas, o trailer é bem feito, o protagonista é um bom ator e a trama promissora.

Mas como dizia a vovó: “de boas intenções o inferno está cheio” – ou a versão atualizada para o tempo atual de coaches, “no Everest há dezenas de cadáveres de pessoas motivadas, focadas e que resolveram sair da zona de conforto“.

Não basta um astro, um orçamento adequado e uma boa ideia sobre um filme. É preciso um roteiro bem escrito, uma direção competente e coadjuvantes minimamente entrosados.

replicas

Os primeiros 15 minutos até são bons e mostram como o neurocientista interpretado por por Keanu Reeves está desenvolvendo uma tecnologia para transferir a consciência de pessoas praticamente mortas para organismos cibernéticos. Depois há a sequência onde sua família sobre um acidente gravíssimo e ele se defronta com o grande dilema da trama: É correto quebrar todos protocolos científicos – e várias leis – para tentar salvar a vida da sua família?

Mas depois o filme se perde e empilha uma série de situações absurdas e furos que causam risos ao invés da adrenalina sugerida pelo trailer. E o final além de muito previsível é inverossímel.

E como se não fosse suficiente, ainda pediram o robô de Eu, Robô (2004) emprestado.

Do elenco, digno de menção apenas Thomas Middleditch (da ótima série Silicon Valley) – que interpreta o auxiliar de Keanu Reeves e é o único que parece notar as situações absurdas apresentadas no filme.

MV5BMTU3MzcwODE0N15BMl5BanBnXkFtZTgwMzE5NjIxNzM@._V1_SX1500_CR0,0,1500,999_AL_

Então, se você é um grande fã do carismático e talentoso Keanu Reeves, não perca seu tempo – há filmes bem melhores com o ator no catálogo da Netflix, como John Wick (2014).

Nota Cinectus: 5,5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Cinema, Criticas