Nesta série da CBS distribuída pela Netflix, o roteiro gira em torno do estupro de uma jovem, Marie* (Kaitlyn Dever), que vive em uma comunidade, é órfã, e já passou por diversos lares aditivos. Sua vida nunca foi fácil e vira um inferno depois da agressão sexual.

O fato que justifica o nome da série é que ela é desacreditada por dois investigadores que a induzem a depor afirmando que tudo não passou de uma mentira. Em paralelo, duas policiais começam a investigar casos semelhantes de estupro, três anos depois da história de Marie. Interpretadas pelas excelentes Toni Collete Merrit Wever (de Na Natureza Selvagem e Birdman), as detetives conseguem movimentar uma verdadeira força-tarefa para encontrar o suposto o predador sexual interpretado por Blake Ellis**. No elenco, interpretando o agente Billy Taggart***, Scott Lawrence – figurinha carimbada interpretando policiais e militares em séries como Law & Order.

Não demora para que os enredos se cruzem numa trama dramática de suspense e ação policial.

Um soco no estômago. Necessário. Urgente.

Inacreditável, perdão pelo trocadilho. É inacreditável! Ainda mais quando você lembra que a história é baseada em fatos reais. Vale a pena cada minuto dos oito episódios, mesmo que embrulhe o estômago e a consciência.

Nota: 8.0

 

* Alguns fatos sobre a vida de Marie Adler

* * O destino de Chris McCarthy

*** Provavelmente não há qualquer relação – apenas cultura inútil – mas “Billy” “Taggart” e “policial” são três palavras que só podem significar uma coisa.

UmTiraDaPesada
Jetpack

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Criticas, TV & Series