Danny Boyle chamou a atenção pela primeira vez da crítica e público no hilário Cova Rasa (Shallow Grave  – 1994) e logo depois Trainspotting (1996), porém, o filme que alavancou sua carreira foi Quem quer ser um Milionário em 2008 (Slumdog Millionaire) e 127 Horas em 2010 (127 Hours), dos quais arrecadaram diversos prêmios internacionais. De lá pra cá, não fez muita coisa para as telonas que tenha chamado tanta atenção.

mv5bymezztdiy2utm2e1yy00zjnlltkwmtitodhmnwjhotk3odnmxkeyxkfqcgdeqxvynzi5ndezmtc40._v1_

Aqui temos um Jack Malick (Himesh Patel) como um músico com dificuldade na carreira que, depois de acordar em uma linha do tempo alternativa, percebe que é a única pessoa na Terra que consegue lembrar dos Beatles. O filme faz uma bela homenagem às músicas da banda e consegue trazer algumas sacadas legais sobre o universo alternativo que o protagonista se encontra, mas para por aí…

A idéia do roteiro é muita boa, mas Richard Curtis e Jack Barth (roteiristas) poderiam se apronfudar na narrativa de forma mais intensa, levando a estória para o lado da ficção e utilizando conflitos maduros para solucionar as adversidades dos personagens. Contudo,  Boyle preferiu focar no lado romântico, deixando o resultado final com cara de Sessão da Tarde! Uma pena!

De qualquer forma, para quem curte as músicas da banda, e tá afim de ver um romance bacana, o filme não irá decepcionar!

Nota: 7

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Cinema, Criticas

Tags

, ,