A conclusão da trilogia dos vikings de Berk mostra Soluço tentando se afirmar como o novo rei após a morte de seu pai, Stoico – O Imenso. Mesmo inseguro, nosso herói continua determinado a proteger seu povo e os amados dragões dos caçadores.

484df9e1-22d0-4abf-b728-7cd65732ba72

Até que surge, Grimmel, um impiedoso assassino de dragões, que vai colocar em risco todos os planos dos povo de Berk.

O filme é diferente dos anteriores pois se concentra muito em Soluço e Banguela – seu inseparável dragão Fúria da Noite. E este é o único pecado do filme, pois por mais carismática que seja a dupla, há ótimos personagens que pouco aparecem, como os hilários gêmeos e o gentil nerd Perna De Peixe.

Feita a ressalva, a animação é muito boa, com qualidade impressionante, roteiro bem amarrado com doses certas de humor, aventura e drama para os pequenos. Em uma frase: é a conclusão que todos esperavam para a trilogia iniciada em 2010.

E ao sair do cinema, com as crianças animadas voando em seus dragões imaginários, vem à cabeça a dúvida: Com uma bilheteria de abertura superior a outros filmes do estúdio, estaria a DreamWorks Animation disposta a decretar o final da franquia?

A fórmula “há um malvado caçador de dragões que obriga Soluço a se desdobrar entre defender sua vila ou seus dragões” já se esgotou. Um caminho seguro é lançar mais temporadas da série animada de TV/Steaming, que em mais de 50 episoódios cobriu os eventos entre o primeiro e o segundo filme. Seria fácil continuar criando estórias bacanas até o ponto onde começa o terceiro.

Nós do Cinectus curtiríamos com certeza! #FicaADicaDreamworks

Nota Cinectus: 7,5

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Cinema, Criticas