Com estreia prevista para 28/Dezembro, a quinta temporada de Black Mirror promete inovar oferecendo ao assinante a possbilidade de interagir e escolher em que direção a trama vai caminhar.

Além disso, outro fato que ganhou repercussão foi a matéria do jornal inglês The Sun comentando as regras de conduta adotadas pela Netflix na produção.

Não que a gente pense em convidar Harvey Weinstein para a ceia de Natal e não valorize o movimento #MeToo – mas olhando de fora, parece que há certo exagero.

Teria a gigante do streaming criado sua própria distopia nos relacionamentos profissionais? Como um “Black Mirror” da indústria cinematográfica?

Qual sua opinião? Comente. Compartilhe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Trailers