O filme chileno concorre na categoria de Melhor Filme Estrangeiro e conta a história de Marina (Daniela Vega), uma transsexual mulher que trabalha como garçonete de manhã e ainda encara a profissão de cantora à noite, mas que de repente se depara com a morte repentina de seu namorado Orlando, interpretado por Francisco Reyes. Após sua morte Marina é forçada a enfrentar a família e a sociedade, e lutar novamente para mostrar quem ela é: complexa, forte, franca e fantástica.

O crítico Guy Lodge em uma revisão para Variety elogiando a atuação de Vega disse: “A performance resistente, expressiva e sutilmente angustiada de Vega merece muito mais do que elogios políticos. É uma façanha de ação multi-camadas, emocionalmente polimórfica, nutrida com a sensação de afinação por seu diretor, que mantém uma sinceridade completa na condição de Marina sem empurrá-la para onde ela não vá.” (Wikipédia)

Talvez seja o filme mais forte na categoria para levar o prêmio, só vamos aguardar para ver se a academia vai deixar o surrealismo de lado do seu concorrente “The Square“.

Curiosidade: Vega se tornará a primeira mulher transexual da história a apresentar uma categoria no Oscar 2018.

Nota: 7,5

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. […] “Uma Mulher Fantástica” (Chile) […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Cinema, Criticas

Tags