Margot Robbie não é nenhuma veterana do cinema, mas já fez algum barulho anteriormente em “O Lobo de Wall Street” (2013) como esposa de Leonardo DiCaprio e a Arlequina de “Esquadrão Suicida” (2016). Por sua excelente atuação, como uma patinadora do gelo profissional e uma maquiagem que a fez envelhecer mais 20 anos, foi indicada na categoria de Melhor Atriz Comédia no último Globo de Ouro e concorre com o prêmio de Melhor Atriz no Oscar também (curiosidade: aqui ela também foi Produtora).

Mas definitivamente, assim como foi difícil tirar o Oscar de Ator Coadjuvante de  J.K. Simmons por “Whiplash” (2014), será quase impossível  Allison Janney perder o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante! Seu papel como mãe (LaVona Golden) oportunista e isenta de afeto com a filha está sensacional, roubando todas as cenas em que aparece! Já levou na mesma categoria – merecidamente – no último Globo de Ouro!

O filme conta a história de Tonya Harding, uma competidora de patinação no gelo que surge entre os principais Campeonatos de patinação artística dos EUA, mas seu futuro na atividade é lançado em dúvida quando seu ex-marido intervém.

O filme concorre em 3 categorias, sendo forte as chances de ganhar em todas. Talvez a mais frágil esteja na categoria de Melhor Edição, pois a narrativa de “Dunkirk” é toda pautada na montagem. Vamos aguardar!

Nota: 7,5

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. […] Margot Robbie (“Eu, Tonya“) […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Cinema, Criticas

Tags

, , , ,