Em um futuro próximo “distorcido”, as pessoas solteiras, de acordo com as leis da Cidade,
são levados para um Hotel, onde eles são obrigados a encontrar um parceiro romântico
em quarenta e cinco dias ou são transformados em bestas e enviados para viver na floresta.

É isso mesmo, aqui temos um filme surrealista que trabalha essa narrativa durante duas horas. Os diálogos entre os personagens são bem esquisitos e a impressão que dá, ao fim de tudo, é uma visão dicotômica  de como poderíamos chegar nesse ponto de ignorância extrema da sociedade… o que não parece tão surreal assim! O filme se enquadraria melhor se fosse um episódio de Black Mirror (NetFlix).

Concorreu como Melhor Roteiro Original no OSCAR desse ano, mas está longe de ser uma obra memorável dos filmes que trazem essa temática mais surrealista ou com universos alternativos. “Ela” (2013) conseguiu trabalhar muito melhor essa questão e alguns filmes de Terry Gilliam como “Brazil, o filme“( 1985)  ou “Os 12 macacos” (1995) também.

Nota: 6,5

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. […] (Alex Lawther, de O Jogo da Imitação (2014) [Review]) conhece Alyssa ( Jessica Barden, de O Lagosta (2016) [Review]) e juntos fogem de casa e embarcam em uma road trip na busca do pai da menina. Com uma pequena […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Review

Tags

, , ,