Em 1961, os EUA estavam em plena Guerra Fria. Conseguir emparelhar os avanços tecnológicos da corrida espacial frente à Rússia, ao mesmo tempo que tentavam avançar contra uma forte segregação racial dentro do país, parecia um problema impossível de resolver. Esse era um dos problemas que o recém empossado presidente J. F. Kennedy deveria enfrentar!

O filme conta a história de 3 mulheres negras que foram trabalhar na NASA durante essa época e como conseguiram conquistar o seu espaço  num período bastante conturbado da história Americana. Naquela época os computadores mainframe estavam “engatinhando” e a NASA mantinha uma equipe contratada só para fazer os cálculos e análises de trajetórias, onde a maioria era formada por muleres negras com um forte domínio da matemática.

Embora a trama tenha um foco claro em Johnson, que é descrita como um prodígio da matemática desde a infância, o filme consegue equilibrar muito bem a história das três protagonistas: enquanto ela enfrenta novos desafios ao mudar de setor, Vaughan precisa se adaptar com a chegada de um computador da IBM (que poderia tirar seu emprego futuramente) e Jackson quer estudar para se tornar uma engenheira. Porém, todas essas metas são permeadas pelo forte preconceito racial da época, mostrado no filme tanto de forma aberta, quanto velada. (Omelete)

O filme recebeu 3 indicações ao OSCAR desse ano: Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Filme.

Como todas as atrizes estão muito bem em seus papéis, acredito que indicar somente Octavia Spencer seja um pouco injusto, pois  Taraji P. Henson deveria estar na competição como Melhor Atriz. Sua personagem é forte, determinada, inteligente e carismática (aliás, todas são). Kevin Costner e Kirsten Dunst completam o grupo de coadjuvantes engrandecendo o elenco num belo filme baseado em fatos reais.

Vale a pena conferir nos cinemas!

Nota: 8

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. […] elenco ainda a talentosa Octavia Spencer (a Dorothy de Estrelas Além do Tempo (2016) [Crítica]) e Tim […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Cinema, Criticas

Tags

, ,