Essa nova adaptação de “Os sete samurais” (1954, Akira Kurosawa) dirigida por Antoine Fuqua e traz seu principal parceiro dos últimos filmes Denzel Washington, além do badalado Chris Pratt, e o já veterano Ethan Hawke como protagonistas principais.

O filme é bacana de assistir, mas mesmo com um elenco espetacular não traz muita novidade em relação a sua refilmagem anterior (1960) dirigida por John Sturges trazendo Steve McQueen, Charles Bronson em papéis marcantes do cinema.

Se por um lado vale celebrar o retorno de um western clássico aos cinemas, por outro é impossível não lamentar a falta de assinatura nele. Dirigido por Antoine Fuqua, Sete Homens e um Destino (The Magnificent Seven, 2016) carece de qualquer novidade ou peso, a não ser uma auto-imposta obrigatoriedade em ser cultural e etnicamente diverso.“(Omelete)

Nota: 6

Classificação: Faroeste, Aventura, Ação

Outros filmes bons de Faroeste:Sete Homens e um destino” (1960), “Por um punhado de Dólares” (1964), “Era uma vez no Oeste“(1968), “Três homem em conflito” (1966), “Os Imperdoáveis” (1992)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Cinema, Criticas

Tags

, ,