A ambição da NETFLIX em evoluir de um serviço de streaming para um gigante na produção de conteúdo é conhecida. Ao ponto do CEO David Wells ter revelado a meta de ter 50% do catálogo do site composto por conteúdo original.

Já a MARVEL, cujo acervo de personagens e legião de fãs só encontra paralelo hoje na DISNEY (tanto que a segunda adquiriu a primeira em 2009), trilha um caminho de acertos e alguns erros crassos (Ben Affleck como Demolidor, alguém curtiu?) na adaptação de seus personagens para a grande tela.

Juntas formaram um “match made in heaven” com os sucessos de Demolidor e Jessica Jones.

E no caminho para a formação da série do grupo os Defensores, era chegada a hora de apresentar Luke Cage.

Mike Colter interpreta o herói com fidelidade. Não chega a ser o Tony Stark de Robert Downey Jr. mas impressiona. A trama também apresenta poucas distorções em relação à HQ.

A trilha sonora merece destaque. A casa de shows “Harlem Paradise” sempre traz excelente música, com alguns clips que fazem você pensar que está assistindo um musical. Produzir um álbum de série parece um movimento natural.

O Harlem onde a ação se desenrola também é retratado com a famosa mistura de cultura, religiosidade, orgulho e é claro, violência.

A Claire Temple de Rosario Dawson ganha mais destaque que na história do Homem Sem Medo, o que é muito bom pois compensa o único ponto fraco da série: falta de codjuvantes  marcantes.

Os vilões Cornell “Cottonmouth” (Mahershala Ali) e Willis “Diamondback” (Erik LaRey Harvey) não inspiram medo ou raiva. E a detetive Misty Knight (Simone Missick) não parece durona o bastante.

Mesmo com essa lacuna, a série é muito boa e aumenta a expectativa não apenas pelo quarto membro do grupo de heróis de Nova York, o Punho de Ferro, como também pela esperada reunião do quarteto, programadas para 2017.

 

Agora é a hora que você vasculha o Youtube à procura da sua versão preferida de “Come As you Are” do Nirvana. Ou simplesmente assiste a original aqui.

Nota Cinectus: 8,0

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. […] Repetindo a estratégia adotada no Vingadores, a Marvel está apresentando os personagens antes de colocá-los juntos para combater o mal. Tivemos antes Demolidor , Jessica Jones  e Luke Cage [Crítica]. […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Sobre cinectus

Conta de Administrador do site cinectus

CATEGORIA

Criticas, TV & Series