Se foi correta ou não a escolha é difícil dizer, mas uma coisa é certa: “Bob Dylan torna-se o único artista na história a reunir as principais premiações da música, literatura e cinema. Ele também já foi laureado com o Oscar, Grammy, Globo de Ouro e uma citação especial do Pulitzer.” (G1)

Por isso CINECTUS reuniu 5 filmes interessantes para vocês assistirem e que, de alguma forma, a música ou história de sua obra e carreira estão presentes:

Garotos Incríveis (2000) – Um professor (Michael Douglas) tenta lidar com o processo de separação de sua esposa, seu editor que o cobra por um livro que está levando sete anos para ser escrito entre outros problemas que aparecem. Aqui a música é “Things have changed”, trilha do filme “Garotos incríveis”, dirigido por Curtis Hanson, que venceu na categoria melhor canção original. A música também lhe rendeu um Globo de Ouro no mesmo ano.

Hurricane: O Furacão (1999) – Aqui temos a história de Rubin “Hurricane” Carter, um boxeador preso injustamente por um assassinato e as pessoas que o ajudaram para provar sua inocência. Denzel Washington está perfeito no papel e foi indicado ao Oscar no mesmo ano. “Hurricane” também é uma canção de protesto de Bob Dylan co-escrita com Jacques Levy. Na música Dylan descreve os alegados atos de racismo contra Carter.

Contos de Nova York (1989) – Três média-metragens dirigidos por renomados diretores estadunidenses, todos ambientados na cidade de Nova York. O primeiro é de um artista de meia-idade obcecado com sua bela e jovem assistente (Martin Scorsese), o segundo é de uma garota precoce de 12 anos que vive em um hotel (Francis Ford Coppola), e último um advogado neurótico com uma mãe possessiva (Woody Allen). Aqui a música que brilha é “Like a Rolling Stone

O lado bom da Vida (2012) – Após passar quatro anos internado numa instituição para tratamento de deficientes mentais,  ex-professor Pat Solitano (Bradley Cooper) pretende consertar os erros do passado, através da reaproximação com sua mãe e reconciliação com sua ex-esposa. As coisas ficam mais desafiadoras quando Pat atende Tiffany ( Jennifer Lawrence, Oscar de Melhor Atriz), uma garota misteriosa com seus próprios problemas. Aqui eles dançam ao embalo de “Girl from the North Country“.

Não estou lá (2007) – Ruminações sobre a vida de Bob Dylan, onde seis personagens encarnam um aspecto diferente da vida e obra do músico. Destaque para Cate Blanchett que ficou idêntica ao Bob Dylan, o que lhe rendeu uma honrosa indicação como Melhor Atriz Coadjuvante no OSCAR. Levou o Globo de Ouro na mesma categoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

News

Tags

, ,